Para que serve um purificador

Para que serve um purificador de ar? 

 

Um bom sistema de purificação deve ter a capacidade de remover as partículas inaláveis, em especial as finas, menores que 2,5 microns, que são as mais prejudiciais à saúde e mais difíceis de serem eliminadas. Para isso é necessário um filtro de nível superior, o HEPA da classe H13, que retém praticamente 100% dessas partículas. Filtros sem classificação ou de nível inferior não são eficientes justamente no que mais importa: eliminar inaláveis finas.

Detalhe importante, também, é o fluxo de ar (que significa maior volume de eliminação de alérgenos e microorganismos em menos tempo). Isso faz uma grande diferença para casos extremos como de pacientes com baixa imunidade e para alívio rápido em casos de rinite e bronquite alérgica ou asmática.

 

Outros estágios de um bom sistema de purificação:

. Carvão ativado para eliminar gases/odores indesejados;

. Filtro de fotocatálise como complemento da eliminação de gases nocivos;

. Lâmpada UVC germicida para esterilização de microorganismos;

. Ionizador para agregar partículas extrafinas, para que possam ser retidas pelo filtro principal.

 

Um sistema que consiga agregar todos esses elementos pode ser considerado como o mais completo e eficiente, pois remove todo tipo de partículas inaláveis, em especial as finas e ultrafinas, remove gases nocivos, odores, elimina alérgenos e microorganismos de A a Z.

 

As principais indicações para esse tipo de sistema são:

. Melhora radical da qualidade do ar no tratamento da:

. Eliminação do mofo: remove os esporos e quebra o ciclo “esporos/novas colônias”. Elimina o odor através do carvão ativado e da fotocatálise.

. Eliminação da fumaça e odor do cigarro: a matéria particulada fica retida no filtro HEPA H13, já os gases e odores são eliminados pelo carvão ativado e pela fotocatálise. Nesses casos há necessidade de troca frequente do HEPA (quando ficar cinza) e do carvão ativado (quando não remover mais o odor).

. Proteção contra infecções, pois o sistema elimina do ar bactérias, vírus e fungos. Para que haja real eficiência, é necessário que o sistema tenha grande volume de processamento de ar (litros/hora). A associação entre capacidade de esterilização e alto fluxo de ar é especialmente importante para o ambiente hospitalar, em salas de procedimento cirúrgico, UTIs, e na recuperação de pacientes com imunidade baixa, como no pós-cirúrgico de transplantes de medula, por exemplo.

 

Agradecemos muitíssimo sua leitura até aqui e esperamos tê-lo ajudado com as informações.

 

Se quiser conhecer dois excelentes modelos, entre os melhores do mercado internacional, utilizados e recomendados por médicos, presentes nos hospitais mais bem equipados do Brasil, é só clicar nos links abaixo:

 

Purificador de Ar Green Air H13 MAX

Purificador de Ar Green Air SS500-PRO

 

Veja também o comparativo entre os dois modelos neste link.

 

Conheça também alguns clientes, como referência para sua pesquisa.

 

Dúvidas? Quer uma orientação? Estamos à sua disposição pelo Whatsapp (48) 99115-0188 (24hs), telefone (48) 3025-5002 ou email contato@aresaude.com.br. 

Respire Saúde!

Receba
nossa

Newsletter